Santa Pagã

Carne de lenha
Que queima fazendo fogueira,
Fogueira pra padre rezar.
O que as mordaças não calam,
Os berros calam nas chamas.

Correu nua pelo verde, para virar cinza.
Saudou as suas deusas
Pra sofrer em nome de um deus,
Que era o salvador de muita gente, mas não o seu.

Da cor escarlate de vênus
Ela desaparece no céu avermelhado pela fumaça da sangue
O vento eleva sua alma
Quando o mudo jurou que ela iria pro inferno.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s