Vênus Venenosa

Alistei os mais vulneráveis
Para o meu exército.
São menores as chances de “não”
Porque a fraca sou eu.

Que me aproveito da fraqueza,
Que observo, pronta pra manipular
Que carrego nas mãos débeis a decepção alheia.
E a minha.

Buscando entre soldados e figuras masculinas
A feminilidade que me falta.
E substituindo minha doçura
Por uma boa dose de conversas.

Comemoro aniversários por acreditar
que pelo menos uma vez no ano
O dia é meu. Quase feriado nacional.
Se estou mais experiente? Eu estou mais ferida de guerra.
E mais perto de morrer.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s