Adoçante

Tragam o juiz
Advogado de acusação e de defesa
No júri eu vejo mascarados
Me julgando por cima de seus olhos cobertos

A colombina cansou
De máscaras e carnavais
Ela não liga pro que te agrada
Ela não quer o que vende mais.

Sinto muito se meu rosto descoberto te assusta
Quando é você usando a máscara do monstro
Quando é o indicador apontando para mim
E os outros quatro dedos apontando de volta pra você

Relatividade, tempo e espaço.
A vida é amarga, tabasco, tabaco.
Adoçante é só pra diabético.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s